Governo do AM prepara unidades de saúde para alta no atendimento de síndromes gripais

0
Ambulatórios facilitam atendimento de pessoas sintomáticas — Foto: Laécio Fontenelle

Objetivo é dinamizar fluxo de atendimentos desde atenção primária à saúde até média e alta complexidade

O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM), organizou a rede de assistência aos pacientes diagnosticados com Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) no Amazonas. A ação, realizada em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) e a Organização Pan-Americana de Saúde (Opas), tem o objetivo de dinamizar o fluxo de atendimentos desde atenção primária à saúde até a média e alta complexidade.

O secretário de Estado de Saúde, Anoar Samad, reforça a importância do trabalho em conjunto entre as pastas. 

“Esse encontro da Secretaria de Estado de Saúde e da Secretaria Municipal de Saúde é fundamental para a organização da rede de saúde nesse momento sazonal para SRAG. Cada ente federativo é responsável em organizar o seu nível de complexidade para que a população possa ter garantia de acesso a todas as suas necessidades”, destacou o secretário.

A parceria tem como finalidade também garantir a eficácia do atendimento à população amazonense, conforme explica a secretária executiva adjunta de Políticas em Saúde da SES-AM, Nayara Maksoud.

“Foram trabalhados todos os pontos de atenção e o incremento da rede de saúde para este momento sazonal, sendo que a SES-AM intensificou as testagens nas suas unidades de urgência e emergência, nas unidades eletivas como policlínicas, Caics e Caimis, e vem executando intensificação de testagens e barreiras sanitárias em fronteiras, portos e aeroporto”, afirma a secretária.

O Estado, responsável pela alta e média complexidade, garantiu ainda o reforço da vigilância de campo, com visita técnica aos estabelecimentos de saúde nos municípios para orientar a população e os proprietários quanto ao cumprimento das medidas não farmacológicas determinadas pela Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas Dra. Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP), como uso de máscara, álcool gel e distanciamento social.

Durante o encontro, o município de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Manaus (Semsa Manaus), que é responsável pela atenção primária na capital, também definiu serviços a serem aprimorados durante o período sazonal, como ampliação das Unidades Básicas de Saúde (UBSs) em horário estendido, programação de ações com unidades móveis e atuação em áreas estratégicas que apresentam vazios assistenciais.

Gira Leito Infantil – O Governo do Amazonas, por meio da SES-AM, implantou a “alta oportuna” no programa Gira Leito Infantil para liberar leitos na rede pública de saúde. O Estado garante que a criança internada com SRAG seja avaliada pelo pediatra com o devido tratamento e medicação, reduzindo o tempo de permanência na unidade, além da consulta de retorno em uma UBS e Centro de Atenção Integral à Criança (Caic).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui