Em áudios, Arthur do Val |Mamãe Falei| diz que mulher ucraniana é ‘fácil porque é pobre’

0

Confira o Áudio

Em uma série de áudios gravados hoje e enviados a um grupo de amigos no Whatsapp, o deputado estadual e pré-candidato ao governo de São Paulo Arthur do Val (Podemos-SP), que afirmou estar fazendo coquetéis molotov na guerra da Ucrânia, descreve suas impressões sobre as mulheres do país e, em um dos trechos, afirma que elas “são fáceis, porque são pobres.”

“Eu estou mal, eu passei agora por quatro barreiras alfandegárias, são duas casinhas em cada país.

Eu juro para vocês, eu contei, foram 12 policiais deusas, que você casa e faz tudo o que ela quiser (…)”, afirma o deputado nos áudios, que foram revelados em postagem nas redes sociais (Twitter), aos quais o Portal Tucupi teve acesso através da rede social.

Em seguida, o parlamentar, conhecido como Mamãe Falei, afirma: “Detalhe, hein. Elas olham e, vou te dizer, elas são fáceis, porque são pobres. E aqui, a minha conta do Instagram, cheio de inscritos, funciona demais. Não peguei ninguém, porque a gente não tinha tempo, mas colei em dois grupos de ‘minas’ e é inacreditável a facilidade. Essas ‘minas’ em São Paulo, você dá bom dia e ela ia cuspir na sua cara e aqui elas são supersimpáticas e supergente boa, é inacreditável”, prossegue o deputado.

Arthur do Val viajou à Ucrânia, no último dia 28, com Renan Santos, um dos dirigentes do MBL (Movimento Brasil Livre), para acompanhar o conflito. Em outro trecho do áudio, ele afirma que recebeu orientações do colega sobre como lidar com as mulheres.

“Assim, elas são ‘gold diggers’ [interesseiras] que se chama, né? O Renan faz uma viagem todo ano, é que nos últimos três anos ele não fez, ele chama Tour de Blonde. O que ele faz: ele viaja os países só para pegar loiras. Só que ele tem técnicas já. Ele já está avançado. (…) Ele me deu umas dicas.”

“Você nunca pode ir para as cidades que têm as melhores baladas, você tem que ir para as cidades normais, porque aí você pega as minas assim. Você não pega elas nas baladas, na praia, você pega no mercado, na padaria. (…)
É uma mentira, é um filme, não é possível.

Já estou comprando a minha passagem para o leste europeu no ano que vem”

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui