Diretório do PT sugere revogação da reforma trabalhista em proposta para campanha de Lula

0

A revogação da reforma trabalhista será um dos temas que o diretório nacional do Partido dos Trabalhadores (PT) irá propor no programa da federação partidária que formará com Partido Vede (PV) e Partido Comunista do Brasil (PCdoB).

A decisão foi tomada em reunião da sigla na tarde de quarta-feira, 13, em São Paulo.

Para que o tema entre no programa de governo de Lula as siglas que compõem a federação devem estar de acordo.

A decisão petista foi tomada durante reunião que também aprovou, por 68 votos a 16, a indicação do nome do ex-governador Geraldo Alckmin (PSB) para compor a chapa de Lula como vice-presidente.

“Não é de hoje que Lula e o PT defendem os direitos dos trabalhadores e trabalhadoras do Brasil”, escreveu o partido do Twitter. 

Reforma trabalhista

A Reforma Trabalhista foi sancionada em 13 de julho de 2017 pelo Presidente Michel Temer, Lei Nº 13.467, e passou a vigorar em 11 de novembro 2017. 

Uma das várias mundação foi a jornada de Trabalho. Antes da reforma era fixada a 44 horas semanais e 220 horas mensais, podendo haver até 2 horas extras por dia.

Agora, a jornada poderá ser de 12 horas diárias com 36 horas de descanso, respeitando a fixação de 44 semanais e 220 horas mensais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui